Livros · Resenhas

Resenha: Deixe a Neve Cair

deixe-a-neve-cair

Titulo : Deixe a Neve Cair 

Autores:  John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle

Paginas: 335 p.

Ano: 2013

Editora: Rocco
Deixe a Neve Cair é divido em três contos, cada um escrito por cada autor. O livro inicia com o conto de Maureen Johnson: O Expresso Jubileu. Nesse, a jovem Jubileu (sim, o nome dela é esse mesmo “eu achei que ela era um menino kk”) tem seu Natal estragado pelos pais, que foram presos por causa de uma confusão em uma loja da Flobie. Então ela tem de pegar um trem para a Flórida para passar o Natal com os avós, deixando seu namorado para trás. Mas o trem fica preso numa nevasca, indo parar na cidadezinha de Gracetown, onde tudo acontece (tudo mesmo, todos os contos).

No conto de John Green (O Milagre da Torcida de Natal), conhecemos Tobin e seus amigos, que estão prontos para passar toda a véspera de Natal assistindo uma maratona de filmes do James Bond. Até que ele recebe uma ligação de um amigo, dizendo que na Waffle House onde ele trabalha está cheio de líderes de torcida. Tobin não hesita em aceitar o convite de ir para a Waffle House e se divertir um pouquinho com as garotas.

O último conto, de Lauren Myracle (O Santo Padroeiro dos Porcos), vai contar com Addie como protagonista. Ela está de coração partido, pois terminou com o namorado, e está passando por um momento terrível na sua vida. Com a ajuda das amigas, ela vai tentar passar por isso e esquecer Jeb. Se ele ao menos tivesse ido se encontrar com ela na Starbucks como havia marcado… Mas agora Addie tem uma missão: buscar o miniporco de Tegan na Pet World, pois aquilo significa muito para a amiga, e com isso ela irá provar que não é uma egoísta e que consegue pensar nos outros.

Quando comecei a ler, fiquei pensando em como todas aquelas histórias e personagens se entrelaçariam, fiquei mega confusa no começo do segundo conto porem minha resposta veio assim que eu cheguei no meio do segundo conto. São histórias bem divertidas e boas para passar o tempo, nada de mais, nada inovador, mas que trarão alegria e aquele espírito natalino (mesmo que o Natal já tenha passado há meses). John Green era o único autor que eu conhecia dali, porem não foi meu conto favorito, o que eu mais gostei foi o da Maureen Johnson, que foi o primeiro conto…

Onde comprar: Submarino e Saraiva 

Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ( Muito Bom )

Leticia ♥

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s